More

    Primeiro do mundo: navio porta-contêineres movido a amônia é anunciado

    A fabricante norueguesa de produtos químicos Yara está à frente de um grande projeto de descarbonização no transporte marítimo baseado no primeiro navio porta-contêineres do mundo movido a amônia. Planejando para 2026, o veículo seria uma alternativa ecológica ao diesel, que contribui significativamente para as emissões globais de CO2.

    As baterias e o hidrogênio se mostram impraticáveis para grandes embarcações devido ao seu tamanho, peso e capacidade de armazenamento de energia limitada. Enquanto isso, o metanol, apesar de ser um passo intermediário, não é uma solução totalmente verde.

    Leia também:

    Primeiro cruzeiro zero emissão do mundo terá velas solares; veja! O 1º navio cargueiro movido a metanol ecológico zarpa nesta semana Navio cargueiro movido a vento pode mudar a tecnologia marítima

    A amônia emerge como a melhor opção para uma navegação mais limpa, apesar de ter menos energia por peso e volume comparada ao diesel. No entanto, pode ser queimada de forma limpa em motores de combustão, evitando a produção de óxidos nitrosos, e já é produzida em grande escala para uso agrícola, tornando-se mais acessível.

    Mais navios movidos a amônia nos planos

    No projeto do navio porta-contêineres, está também a empresa North Sea Container Line. Há ainda uma contribuição financeira de 40 milhões de coroas norueguesas da organização de financiamento climático e energético Enova (algo em torno de R$ 18,5 milhões).

    Batizada de Yara Eyde, a embarcação será menor que muitos navios do segmento e deverá operar em uma rota curta entre Noruega e Alemanha, percorrendo cerca de 442 milhas náuticas. A ideia é reduzir anualmente 11.000 toneladas de emissões de CO2. Após o lançamento deste projeto, mais navios movidos a amônia deverão ser lançados pela parceria.

    O post Primeiro do mundo: navio porta-contêineres movido a amônia é anunciado apareceu primeiro em Olhar Digital.

    Últimas Notícias

    Notícias Relacionadas