More

    Vídeo. Gari agride cavalo e o derruba no chão. Prefeitura se pronuncia

    Um gari deu três socos em um cavalo, que caiu na rua de Valparaíso de Goiás, no Entorno de Brasília, nesse sábado (17/2).

    Um câmera de segurança flagrou o momento no qual o gari desce do caminhão do lixo, se aproxima do cavalo que estava ao lado da lixeira de uma casa no setor Anhanguera C e agride o animal.

    Um dos outros três garis que estavam fazendo a limpeza da área vê a situação de maus-tratos, sai do caminhão e vai na direção do animal para tentar ajudá-lo a se levantar.

    O agressor, então, se une ao colega para erguer o cavalo, mas o animal não tem forças para levantar e permanece no chão. Os quatro garis deixam o animal na rua e vão embora. Veja:


    0

     

    O que dizz a Prefeitura de Valparaíso de Goiás

    A Prefeitura de Valparaíso de Goiás disse que os envolvidos foram identificados e o caso será “devidamente apurado”. Até a próxima terça-feira (20/2), o relatório será enviado à Polícia Civil de Goiás, segundo o governo municipal.

    Embora tenha classificado a ação do agressor como “injustificável”, a Prefeitura afirmou que os socos não causaram as lesões no cavalo, “que caiu dessa forma por se encontrar extremamente debilitado”.

    “Entendemos que a compaixão para com os animais é das mais nobres virtudes da natureza humana e a Prefeitura Municipal não aprova maus-tratos a qualquer espécie”, disse o governo local.

    Ainda segundo a Prefeitura de Valparaíso de Goiás, um caminhão chegou a ser levado até o local para retirar o cavalo, mas o animal já tinha sido recolhido pelo dono. De acordo com o governo municipal, o supervisor da empresa terceirizada Quebec Ambiental localizou o tutor, mas ele recusou ajuda de veterinários e afirmou que “já fez de tudo para melhorar a saúde do animal, que piorou após ter ingerido plástico e ficado muito debilitado”. “Ele afirmou que após isso o cavalo fugiu e negou-se a informar onde o mesmo está.”

    A Quebec disse que apura o fato por meio do departamento jurídico e informou que presta toda a assistência necessária, com o apoio da divisão de Zoonoses da Prefeitura de Valparaíso e Goiás para dar o tratamento adequado e acompanhar a recuperação do animal em questão, inclusive com tratamentos e medicamentos necessários.

    “Reiteramos ainda que o nosso compromisso com o meio ambiente engloba o profundo respeito aos animais e condenamos veementemente qualquer tipo de agressão e maus tratos, especialmente no que se refere a animais de rua ou abandonados”, declarou.

    Últimas Notícias

    Notícias Relacionadas